Só Mais Uma Olhadinha

Aqui está a destruição do método da força de vontade. Os usuários dele vão passar três ou quatro dias e então vão se permitir aquela olhadinha irregular que os desestabiliza. Eles não percebem o efeito devastador que isso tem sobre o moral deles.

Para a maioria dos usuários, a primeira olhadinha que eles deram no harém virtual não foi tão boa quanto o sexo com uma pessoa de verdade. Os clipes são muito limpos e distanciados uns dos outros, dando às suas mentes uma espécie de impulso, um estímulo. Eles pensam: “bom, isso não foi lá tão agradável assim. Eu estou perdendo o desejo e eu não sou tão afim daqueles negócios mais chocantes.” Na verdade, o oposto é a verdade. Que isso fique bem claro na sua mente: prazer e orgasmo não foram os motivos pelos quais você decidiu largar o pornô. Se os usuários estivessem lá apenas por causa do orgasmo, eles nunca assistiriam mais do que um só clipe. A única razão pela qual você precisou usar pornô foi alimentar o pequeno monstro. Apenas pense quão preciosa aquela olhadinha deve ter sido após ter ficado quatro dias se privando. Sua mente consciente não está atenta para isso, mas o alívio que o seu corpo recebeu é comunicado para o seu subconsciente, e toda a sua preparação e determinação começa a ser minada. Haverá aquela pequena voz nos cantos escuros da sua consciência dizendo, a despeito de toda lógica, que aquilo foi precioso e que você precisa de mais uma olhadinha.

Essa pequena olhadinha tem dois efeitos negativos:

  1. Ela mantém o pequeno monstro vivo dentro do seu corpo.
  2. Pior: ela mantém o pequeno monstro vivo dentro da sua mente. Se você já teve uma “última olhadinha” vai ser mais fácil ter uma próxima.

Pornografia é uma ratoeira sem queijo, apenas veneno. Ao usar a força de vontade você tem que convencer a si mesmo de não tentar pegar o queijo, mas o Método Fácil permite você a perceber que na verdade ali só tem veneno. Você não precisa evitá-lo – só não vá até lá.

Acima de tudo, lembre-se:

É através de ‘só uma olhadinha’ que o vício é criado.